O atual Grão Mestre da GLOMEB
Prof. Pergentino de Freitas Mendes de Almeida
Assumiu em novembro de 2017 no lugar do ex-Sereníssimo Grão Mestre Helio Antonio da Silva (fundador)

 

                                                  


  • Pesquisador Associado da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing
  • Professional Member da World Futures Society
  • Homenageado com a Comenda Gerhard Wilda de Mérito Acadêmico da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing, em 16 de outubro de 2013,
  • Responsável pelo projeto “Os próximos 50 anos da Televisão”, oferecido pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) às Organizações Globo, na qualidade de Pesquisador Associado do Centro de Pesquisas e Projetos Avançados da ESPM.
  • Professor da Pós-Graduação em Pesquisas de Opinião e Marketing (OPIM) na FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política, onde também é orientador em trabalhos de pós-graduação.
  • Promotor e Facilitador do Laboratório de Futuros de São Paulo – Grupo de Estudos da FESPSP, com a participação de pessoas importantes do Metrô, SP Trans, FESPSP e outras (Janeiro de 2013)
  • Membro Permanente do Conselho Deliberativo da ABEP – Associação Brasileira das Empresas de Pesquisas de Mercado, Opinião e Mídia
  • Membro do Conselho de Notáveis da ABEP – Associação Brasileira das Empresas de Pesquisas de Mercado, Opinião e Mídia
  • Presidente de Honra Vitalício da ABIPEME, antecessora da ABEP
  • Conselheiro da ASBPM – Associação Brasileira dos Pesquisadores de Mercado, Opinião e Mídia.
  • Consultor, Assessor e professor de cursos in-house para várias empresas, como a Unilever (Análise Estatística), IFF (análises uni- bi- e multivariada), Metrô de São Paulo (análises multivariadas e aplicações), Nestlé (interpretação e montagem de cenários de prospecção de futuros) e outras.
  • Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de São Paulo.

 

Publicações

A Religiosa (Diderot) - Trad. Edit. Junco, 1961

Pesquisas de Propaganda (um inventário) – in SIMÕES, Roberto (ed): “Propaganda e Marketing”, Ed. Atlas SP 1972

A Reação do Consumidor à Propaganda e o Conceito de Núcleo Afetivo – Tese aprovada no I Congresso Universitário da Universidade de São Paulo – julho 1972

A Note About How to Select the Best Factor Analytic Solution Among Several, co-autoria com SAMPSON, Peter – European Research September 1979 pg 212 ss

Finding a Better Socio-Economic Status Classification System in Brazil  (em co-autoria com Hilda Wieckerhauser) Marketing & Research Today, Vol. 19 n. 4, pg 240 – ESOMAR 1979 (prêmio de melhor apresentação do I Congresso Latino-Americano de Pesquisa de Mercado, Opinião e Mídia da ESOMAR).

A Review of the Group Discussion Methodology – European Research, May 1980 pg 114 e ss

A ação da Acupuntura: uma visão chinesa – Contribuição ao Boletim da AITA – Associação Internacional de Terapias Alternativas – Agosto 1988

Uma mudança de ponto-de-vista pode mudar a ciência positiva?  Síntese do paradigma holográfico, proposto pelo físico David Bohn e pelo neufisiologista Karl Pribram– Contribuição ao boletim da AITA – Associação Internacional de Terapias Alternativas – Agosto 1988

Estilo de Vida e Coração – Contribuição ao boletim da AITA – Associação Internacional de Terapias Alternativas, Fevereiro de 1989

Os remédios da Amazônia em Paris: uma crônica do desaparecimento de uma tradição médica indígena do Brasil e sua disseminação mundial a partir de Paris - contribuição ao boletim da AITA – Associação Internacional de Terapias Alternativas de Novembro de 1989

Maka Hannya Haramita Shingyo: uma explicação do sutra fundamental do Budismo Mahayana – Edição do Templo Central da Soto-Zenshu do Brasil – 1995

A Palavra de Dogen Zenji, um breve resumo de citações do Mestre Dogen – Edição do Templo Central da Soto-Zenshu do Brasil – 1995

Amostragem, Cap. 19 in Teoria e Prática da Pesquisa Aplicada – DM Perdigão, M Herlinger e OM White, organizadores – Ed. Campus/Elsevier 2012

O Trinômio do Marketing de Transportes Públicos – Ensaio e palestra no  Congresso Nacional de Transportes Públicos da NTU e ANTP em Porto Alegre

Análise Quantitativa, Cap 22 in Teoria e Prática da Pesquisa Aplicada – DM Perdigão, M Herlinger e OM White, organizadores – Ed. Campus/Elsevier 2012


Palestras e Cursos Ministrados


Na antiga SBPM, ministrou um curso livre de Cibernética. Despois passou a ministrar um curso muito procurado de análise multivariada, que haveria de ser o principal gerador de receita da SBPM durante vários anos.

Quando a SBPM transferiu seus cursos para a tradicional FESPSP – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (fundada um ano antes da USP), passou a ministrar o seu curso de Análise Multivariada como Pós-Graduação Latu-Sensu, e ainda encarregou-se de outras matérias na cadeira de OPIM – Pesquisas de Opinião e Marketing:

  • Introdução à Análise de Dados Estatísticos
  • As Etapas da Pesquisa
  • Técnicas Quantitativas de Pesquisas
  • Comportamento do Consumidor

Motivações e Pesquisas Motivacionais – Palestra na ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) – julho 1973

O Teoria do Recall: como a memória seleciona e muda as lembranças – Conferência no Seminário ABA/ABIPEME (ABA = Associação Brasileira de Anunciantes e ABIPEME = Associação Brasileira dos Institutos de Pesquisa de Mercado e Opinião) – Outubro 1981

A Comunicação e a Personalidade do Brasileiro: inspirado numa ideia do sociólogo Roberto da Matta, um passeio elucidativo do ser brasileiro, ilustrado pela evolução da publicidade – 3.o Simpósio Internacional de Publicidade, 12 novembro 1987, SP

Idem - PUC do Rio de Janeiro, dezembro de 1987

O Paradigma Holográfico: ciência ou especulação? – Palestra na Faculdade Anhanguera, 1992

As 3 Faces de Eva – Relato de um caso de esquizofrenia e de como a técnica e a teoria do Diferencial Semântico entraram na história, com exibição comentada do filme “Os 3 Faces de Eva” de Nunnaly Johnson (Oscar de Melhor Atriz 1957) – Evento da SBPM (Sociedade Brasileira dos Pesquisadores de Mercado), 2006


Referências de interesse maçônico

 

  • Cursou o ginásio no Colégio Arquidiocesano de São Paulo, sob orientação marista: foi uma sólida e rígida formação católica.
  • Ainda no ginásio, completou o curso e as provas de conhecimento do Conceito Rosacruz do Cosmos de Max Heindel, sob orientação do Frater Lourival , fundador da afiliada brasileira da Fraternidade Rosacruz da Califórnia (embora tendo completado as provas com notas boas, não foi admitido por ser menor de 21 anos).
  • Foi em torno dessa época que ele “descobriu” e estudou (tão bem como possível para um jovem, que reconheço ser pouco) Eliphas Levi Zahed, Pico Della Mirandolla e outras referências respeitáveis e confusas da Renascença;
  • Anos depois, já na Faculdade de Direito da USP, foi amigo, compadre e bastante influenciado por Frei Lucas Moreira Neves, dominicano encarregado da Juventude Universitária Católica (JUC), e posteriormente conhecido como o primeiro brasileiro papável sob o nome de Dom Lucas Moreira Neves, arcebispo de Mariana e depois Cardeal.
  • Estudioso de Astrologia pela curiosidade de como completar um horóscopo antes de existirem computadores para fazer os cálculos necessários, Pergentino criou um programa de Rádio para a Lever, com cobertura nacional de muitas cidades menores, programa esse cuja atração principal eram os horóscopos diários de Omar Cardoso e músicas de sucesso. O programa, desconhecido nas maiores capitais, foi um sucesso de audiência e fidelidade no resto do Brasil, o que lançou Omar Cardoso como o grande nome da Astrologia brasileira.
  • Em 1960 começou a frequentar o Templo Budista Sotozen-shu, onde, na década dos anos 70, foi ordenado como leigo budista sob o nome de Shinkai Shozen, sob o apadrinhamento do Ven. Sokan Shingu, primeiro patriarca e missionário zen no Brasil, fundador do templo da Rua São Joaquim, na Liberdade.
  • Depois da morte do Sokan Shingu, a comunidade budista passou alguns anos sem comando nomeado pelo Templo Central do Japão, de Ehei-ji, e entrou num período de declínio relativo.
  • Nesse período Pergentino encontrou abrigo no Grupo Noel, sob a direção de Dna. Marta, médium de Noel Rosa. Ali ele pode colaborar, a pedido Superior, com aulas de Evangelho no Curso de Médiuns, atuando como Médium passista e palestrante recepcionista dos fieis aos sábados.
  • Nesse período foi fundada a AITA – Associação Internacional de Terapias Alternativas, de cujo Conselho Pergentino foi Presidente e de cuja diretoria foi vice-Presidente, além de editor do Boletim AITA (trimestral). Presidiu o I Congresso Internacional de Terapias Alternativas, que contou com a presença e participação de importantes nomes de prestígio internacional.
  • Entre 1985/1989 manteve contato com o Dr. José Silva, fundador da Instituição internacional que administra o “Método Silva” (Silva Mind Control) visitando a Sede Mundial em Laredo (Texas) e graduando-se no “curso de formação de base”, posteriormente cursos os estágios avançados “Graduate Seminar” e por último o “Ultra Seminar”. Em estudos paralelos desenvolveu uma tese (ainda não publicada) na qual – com base científica – relaciona o “Silva Mind Control” às técnicas utilizadas pelos maiores pensadores das grandes civilizações extintas e que tal técnica chegou até a Idade Média como um dos maiores segredos, guardado à sete-chaves (tal segredo era a técnica mnemônica de memorização) que chegou a ser proibida pela Santa Igreja Católica e combatida através da Santa Inquisição, equiparando-se à Bruxos e Bruxas aquelas pessoas que detinham essa técnica.
  • Em 1990 iniciou seus estudos sobre o tema “maçonaria” como uma opção de filosofia de vida. Mostrou maior interesse pelos chamados “ritos esotéricos” em detrimento ao “rito escocês antigo e aceito”. Devido a sua fluência em outros idiomas e viagens constantes para fora do Brasil, teve a oportunidade de pesquisar obras sobre maçonaria e rosacrucianismo em inglês e francês e isso o aproximou de obras que somente seriam traduzidas para o português muitos anos depois. Dentre o material literário que teve acesso, estudou a chamada “bíblia da maçonaria ou dos maçons” consubstanciada na obra de Albert Pike   “Moral and Dogmas” conteúdo que abrange desde o grau de aprendiz até o grau 32 dos ensino praticados na instituição. A grande maioria dessas obras encontram-se zelosa e carinhosamente guardadas em sua biblioteca particular aberta somente aos raros amigos e irmãos que vez o outra lhe visitam. Nessa época devido ao seu interesse pelo tema, recebeu alguns convites de maçons para que se habilitasse ao ingresso na Grande Loja e no Grande Oriente, convites, aqueles, que por mais honrados que fossem não foram aceitos, principalmente pela falta de afinidade com os objetivos e com a liturgia daquelas organizações, tudo isso aliado a necessidade de “frequência” nas reuniões, que naquela época era totalmente improvável, justamente pelas constantes viagens que estava submetido por força das suas atividades profissionais. Até os dias de hoje é praticante do rosacrucianismo conforme praticado pela Societas Rosacruciana In Anglia.
  • Em 1995 chegou ao Brasil o segundo Sokan nomeado para a América do Sul, o Ven. Moriyama Roshi. Moriyama Roshi reordenou Pergentino como leigo budista e deu-lhe o título e encargo de Koji, o primeiro e único Koji no Brasil até há alguns anos, quando foi elevado também outro Koji em Porto Alegre. O Sensei é um monge profissional e tem discípulos e seguidores, o Koji é um leigo e vive no mundo. Equivale ao Presbítero da Igreja Católica.
  • Com a saída de Moriyama Roshi do Sokanato em São Paulo, ocorreram cisões também na comunidade japonesa e brasileira de fiéis, o que afastou Pergentino da militância ativa no Templo da Liberdade, permanecendo ele fiel ao seu Mestre Moriyama. Este dedicou-se a construir um templo e mosteiro num subúrbio de Porto Alegre, de cuja cerimônia de inauguração participaram, ao lado de Moriyama Roshi, a Sensei sua sucessora e dirigente do templo da França, e Pergentino, como o Koji brasileiro.
  • Em 2010 acompanhou a fundação da GLOMEB e passou a ter contato estreito com o fundador Ser. Grão Mestre Helio, participando ativamente, mesmo não sendo iniciado, da tradução e adaptação do material didático que viria a ser utilizado pela Potência. Foi um dos grandes incentivadores da viagem do Sereníssimo ao Egito no mês de junho daquele mesmo ano. Somente teria contato com todo o material litúrgico no de 2013 quando decidiu definitivamente aceitar o convite para ingressar nas fileiras da maçonaria através da Grande Loja Regular e Simbólica da Maçonaria Egípcia no Brasil.
  • Em 2013, pela prerrogativa do Grão Mestre, foi iniciado, elevado e exaltado numa só cerimônia na presença do Sereníssimo e demais membros do Grão Mestrado. Algum tempo depois foi nomeado como Interventor no Estado de São Paulo e posteriormente nomeado para o cargo de Ven.’. Mestre da Loja Amon-Rá até ser nomeado como Secretário de Educação e Cultura do Grão Mestrado e depois Eminente Grão Mestre do Estado de São Paulo, cargo que ocupou até 18 de Novembro de 2018, data em que foi eleito pela Assembleia Geral dos Fundadores e assumiu o Cargo Máximo da Organização com o título de Sereníssimo Grão Mestre Geral.
  • Dentro da hierarquia maçônica atingiu o último degrau da “Escada de Jacó” para o REAA, recebendo a Carta Patente do Grau 33º. No Rito de Memphis-Mizraim atingiu o chamado “ápice da pirâmide” com o Grau 95º.  No Templarismo atingiu o Grau de Oficial Templário dentro da Ordem dos Cavaleiros Templários do Brasil e ocupa lugar de destaque no Grão-Priorado. Título de Doutorado em Capelão Civil e Religioso. No Martinismo detém o título de “livre iniciador ou grau quatro” e pertence ao “Círculo dos Filósofos Desconhecidos”.
  • O Seren.’. Hélio chamava-o carinhosamente de “Pergentino de Jesus” em suas conversas particulares. Como lembrança afetiva, ele adotou o ne-variatur de Pergentino de Jesus, como tributo ao nosso Sereníssimo e fundador. “Pergentino” é um nome latino que significa aquele peregrino que está de passagem e nunca para, a fim de acomodar-se, é “aquele-que-está-de-passagem”.

 

Atualizado em Novembro de 2018.






 

SOMOS UMA associação maçônica, cultural, artística & filosófica legalmente registrada.

       cnpj 11.643.230.0001-95                        inscr. est, isenta                         inscr. mun.   3172870

                Sede: rua bernardino de campos 3180 conj 704 são josé do rio preto/sp

  Site Map